gosto se discute? já parei pra tentar entender o que forma o conceito estético de uma pessoa. de um país. pra mim é referência, informação. no brasil, por exemplo, acho que a culpa do mau gosto em grande parte é da globo e da veja, que como maiores veículos do país ficam perpetuando a breguice, a montagem tosca, o degradê e a estética hans donner. três vivas a algumas novas revistas que tentam mudar um pouquinho o que o brasileiro vê na banca, e mais outros vivas à mtv, que apesar dos pesares, nunca teve medo de ousar no quesito design.

mas que seja por falta de informação, por influência da mãe, do pai ou da xuxa, não me interessa. tô a fim de falar de breguice. ou o que EU acho feio, brega, mucuim, cafuçú, mocorongo, cafona, ridículo, vulgar, OH MY EYES.

me diverti fazendo uma lista (que vai sem imagens nem links para menor sofrimento):

– tatuagens genéricas: luas e estrelinhas.
– tatuagem no pé
– piercing no umbigo
– calça jeans com enfeitinhos de qualquer tipo
– crocs
– lentes de contato coloridas
– roupas com o logotipo gigante, vulgo outdoor ambulante
– sutiã com alça de silicone
– roupa muito combinandinho: cinto vermelho, pulseira vermelha, fivela vermelha
– óculos escuros redondos e pequenos.
– óculos com lente fotocromática (aqueles que escurecem no sol)
– muitos adesivos no carro
– foto de casal no avatar do orkut
– e-mail de casal, tipo luluepaulinho@hotmail.com :S
– rir na internet usando “huahuahuahua”, “kkkkkkkkkk” (dentre outras miguxices) ou “risos”

tem muita, muita coisa. eu teria que terminar a lista em outro post.

também pensei em outra categoria, de coisas bregas relativas. aquelas coisas que eu acho brega, mas nem sempre. que algumas pessoas conseguem sair ilesas usando. exemplo:

– cavanhaque: brega em 90% dos casos, mas adrien brody e dave navarro conseguiram se safar
– homem de cabelo grande (bônus pra homem de rabo de cavalo): até existem homens que ficam ok de cabelo grande. mas minha teoria é que esses mesmos caras seriam muito mais que ok se cortassem o cabelo.
– bota de cano alto e salto alto. por regra, eu acho bonito botas de cano alto e salto baixo, ou de cano baixo e salto alto. as duas coisas juntas fica muito, muito fatale. e se a mulher que tá usando não sustentar, termina ficando apenas vulgar.
– pochete: o ícone da breguice consegue ter exceções. eu já vi umas muito bonitinhas em coleções novas por aí.

bom, precisava compartilhar pra ver se mais gente concorda ou eu que sou muito chata com tudo. tá, eu sou muito chata com tudo, mas convenhamos que o mundo tá brega demais.

ps: desculpa se você usa alguma dessas coisas ou não concorda com metade. tô aberta a ser chamada de brega a qualquer hora também. :)

Anúncios