You are currently browsing the category archive for the ‘sartorialist’ category.

eu, que adoro gráficos explicativos o tanto quanto adoro o the sartorialist, achei isso aqui a melhor coisa em décadas:

how-to-get-shot-by-sartorialist

um gráfico explicando timtim por timtim como ser fotografado pelo sartorialist. morri de rir, e depois que passou a graça notei que é tudo a mais absoluta verdade! não que o sart (a íntchima) seja menos bom por isso, e que suas fotos e escolha de modelos não sejam incríveis, mas o gráfico me fez notar que às vezes o que conta mesmo é você fazer o estilo dele. são regrinhas bem definidas, que comprovei com uma simples visita aos últimos posts e morri de rir de novo. acompanhem os checklists:

61609Horzstripe-114Web

(x) velho (x) europeu (x) calças curtas (x) duplo botão (x) cigarro

61709BLuWhtScarf174Web (x) velho (x) europeu (x) calças curtas

62209LinoDB_62Web(x) velho (x) europeu (x) duplo botão (x) cigarro

para as mulheres foi mais difícil, porque 90% delas são model pretty, então nem precisava procurar pra comprovar a regra. mas achei outros exemplos:

2209RLromWeb

(x) quirky hat

4159KateBrdway32Web1(x) camisa social

62709Monotone_44Web(x) look monocromático (x) cigarro (x) echarpe

tá vendo? é um jogo bem divertido, você vai vendo as fotos e somando os pontos. quero ver quem acha mais do que o meu quarentão-europeu-de-calças-curtas-botão-duplo-e-cigarro. pena que ele não tá de bicicleta.

Anúncios

SartCoat

daqueles casacos que não faz a menor diferença o que você está vestindo por baixo.

garance2scott

a fofoca fashion do ano: scott schuman e garance doré estão namorando! sério,  casais estilosinhos, desistam. joshua jackson e diane kruger? parecem rameiros. nenhum casal barrará a elegância e classe desses dois, adeus.

ps: tá bom que eu temia que ele fosse gay, mas que bom que não é.

(via)

o tipo de elegância que mais admiro – em outras palavras: invejo – é aquele famoso effortless. sem esforço, natural. porque se fingir de elegante com pompa não é tão difícil, mas ser verdadeiramente chic sem perceber, esse sim não é pra qualquer um.

então tem essa mulher sobre quem eu quero falar há um tempão, giovanna battaglia, que você já deve ter visto em algum site de street style – ela tá sempre no sartorialist, já teve um post especial no garance doré. ela é fashion editor da vogue l’uomo italiana e é ridiculamente elegante. se eu tivesse que usar a palavra “fabulosa” pra alguém, seria pra ela. e eu sei que a beleza e especialmente a magreza dela contam pontos aí, mas não é só isso, porque de mulher bonita e magra o mundo – ou pelo menos o mundo dos sites de street style – tá cheio. ela tem o tal plus a mais.

giovanna4

giovanna_batta

ela se veste de um jeito muito chic, mas totalmente não-óbvio. mistura peças que na minha cabeça não combinariam, estilos diferentes e tcharan! maravilhosa, sempre.

giovanna_battaglia

gbsantandrea

dlgiovannaw

ou não. se veste totalmente simples, mas consegue transformar numa coisa ultra chic, eterna e moderna. e ela usa cabelo repartido no meio de maria madalena, gente. e fica linda.

gbattaglia1

girl crush!

* quero muito essas almofadas lo-ve.

* bolsas: alugue ou roube. lembra aquele site de aluguel de bolsas que aparece no filme de sex and the city?

* gato de asas.

* buffet 360° (via @pickupthephone).

* peanuts + sandman.

* fusca, onde tem um tem outro (via uod).

* 10 anos do cardosonline.

* o diário de woody allen filmando “vicky cristina barcelona”.

* campanha linda, inspirada e produzida pelo sartorialist.

(só avisando: drama queen mode on)

vi no fashionista (que eu conheci há pouco e virou rapidinho um dos meus blogs preferidos de moda) essa confissão de um leitor, sobre sua crise fashion.

num resumo-miguelão, é um cara que sempre se vestiu assim meio “almofadinha” (mauricinho? playboyzinho? como são feias as traduções para preppy), se mudou para nova iorque e entrou em crise. cercado por hipsters e pessoas ultracool, ele se sentiu um bosta e saiu às compras. virou modernete e achou que estava feliz até que visitou sua cidade natal e viu que tudo que queria era voltar a ser quem era. sua moral da história: “i’m not cool, and i don’t need to be.”

corta pra são paulo.

fashion crisis? I HAS IT. tô numa triste e absoluta crise de identidade fashion. não que eu tenha sido almofadinha algum dia da minha vida, muito pelo contrário. em recife eu até já me achei, er, descoladinha (tá, não é muito difícil). nunca tive rótulos (isso já é um, né?), e tirando pelo excesso de preto e pela inclinação vintage, acho que ninguém pode dizer que já fui de alguma tribo.

mas então, talvez por isso mesmo, eu agora não sei mais como me vestir. não sei nem como QUERO me vestir. em são paulo todo mundo é muderno, muito, até demais. e ultra produzido, até pra ir na padaria, o que dá preguiça (no sentido literal mesmo, eu tenho preguiça de me produzir tanto assim). eu não tenho vocação (nem quadris) pra calça skinny e também não quero virar traça de brechó. não sou básica jeans-e-tênis mas passo longe de ser perua. adoro o the sartorialist e o facehunter igualmente. COMOFAS?

não vou nem entrar no fator euengordeipracacete, porque não vem ao caso. o que mais me aflige agora é o paradoxo “o que eu quero eu não tenho dinheiro pra comprar” x “o que eu tenho dinheiro pra comprar eu não quero”. de verdade, entro nesse ringue toda vez que penso em comprar alguma coisa. e não sei como resolver.

dra. vodca, algum conselho? oficina de estilo? chapolin?

cabide-head2

twitter

  • vim hoje pro rio e todo mundo que tava vindo pro rock in rio fazia questão de estampar isso com adereços tipo mochila de guitarrinhas 🙄 7 hours ago
  • rock in rio: é muita gente cafona se achando moderna nesse mundo 7 hours ago
  • @hiutwig mas tá super amiga! 17 hours ago
  • não só nenhuma atração do RIR pediu bebida alcoolica como tem festival de "rock" distribuindo kefir, a que ponto chegamos 18 hours ago
  • nesse momento eu poderia enfiar um rojão no cu da @Avianca 😡😡😡😡😡 19 hours ago

last.fm

flitis's Profile Page