You are currently browsing the monthly archive for abril 2009.

57206780

drew barrymore tá muito arrasante na divulgação de grey gardens (menos quando se fantasia de maysa), mas essa roupa eu caí pra trás. o que é esse vestido? e esse sapato? e os dois juntos, com a boca rosa shocking? perfeita, em uma maneira nada-perfeitinha.

engraçado é que já postei outra roupa com essa mesma combinação de cores, que não é nada ordinária. verde-piscina, te quero.

Anúncios

vejam esse site com som alto. de sair lagriminhas.

soytuaire

falando em kate moss, eu nunca achei ela muito nada. nem muito bonita, nem muito elegante, nem muito nada. achava que ela sabe causar uma impressão, e só. mas desde que li seus “10 mandamentos do estilo”, passei a vê-la com outros olhos. achei as dez regrinhas incríveis, bem valiosas, que valem seguir (quando der, né) mesmo que você tenha um estilo totalmente diferente do dela.

kate

nesse post de julia petit tem os mandamentos completos, mas eu vou reproduzir meus trechos preferidos com observações:

“Use jeans de um jeito novo”// true, porque pelamordedeus parece que todo mundo usa a mesma calça jeans. mas eu sou uma pessoa que mal uso calça, então next.

”Faça parecer natural”: Amarre um cinto meio solto no seu vestido de festa. Não escove os cabelos para uma festa. Use kajal preto, bem adolescente, nos olhos, compre roupas vintage e acessórios já um pouco gastos. // dou o maior apoio. só acho um pouco difícil seguir quando você não tem exatamente a auto-estima de kate moss.

”Procure a qualidade”: Quando ela era adolescente, comprava , malhas de cashmere com gola pólo, vestidos de festa da década de 30 e alfaiataria dos anos 40 em Portobello Market, em Londres. Roupas vintage podem oferecer tecidos de qualidade e corte impecáveis que já não existem mais, por uma fração do preço das da moda. // SO TRUE.

“Mantenha as estampas eternas”: Xadrez grunge, floral 40’s, listras navy. Kate raramente usa uma estampa da coleção atual de um estilista. Essa é a chave pra um look eterno, juntamente com a combinação de cores neutras, como preto, marinho e cinza. Por isso as fotos dela de vinte anos atrás parecem tão atuais. // meu preferido! alguém já percebeu como isso é verdade? as roupas delas de 20 anos atrás podiam realmente ser usadas por ela hoje (até porque o corpo dela continua o mesmo). isso é incrível, kinda exemplo de vida a ser seguido.

“Foque nas roupas”: Para Kate, vestir-se sempre se tratou de roupas e não de moda. Nas suas aventuras comprando roupa vintage ela aprendeu que uma roupa boa é uma roupa boa. Uma linda blusa de seda é eterna, assim como um trenchcoat que te cabe perfeitamente sempre vai ficar incrível. Kate diz que: “as roupas entram e saem da moda. Mas isso não é estilo. Estilo é ser clássica”. // ídala.

“Misture tudo”: Kate mistura coisas que, normalmente, não combinariam. Calças de vinil com uma blusinha de renda vitoriana. Ou botas de motoqueiro com um vestido de paetês, ou até um vestido de baile com um casaco de leopardo. Ela quebra regras e acaba ditando a moda no mundo todo. // também não garanto resultados satisfatórios, mas ainda assim ídala.

”Em caso de dúvida, compre um diamante” // ASAP.

pra pregar na porta do guarda-roupa.

wings

será que eu preciso morrer e ir pro céu e virar anja pra poder colocar a mão nessas asinhas? morri muito (tipo, MUITO) por essa jaqueta, da nova coleção de kate moss para a top shop.